Home Top Ad

Anuncie Aqui

Sucesso de público

Share:
(Foto: Lance!)
Já podemos dizer que a edição de 2019 do campeonato brasileiro é um sucesso. Há 36 anos não tínhamos uma média de público tão alta na principal competição nacional. Segundo dados do GloboEsporte.com, 20.985 é a média de torcedores pagantes por partida do torneio. É o segundo melhor público desde 1971, quando a competição deixou de ser chamada Roberto Gomes Pedroza e passou a ser nomeada Campeonato Brasileiro, ficando atrás apenas da edição de 1983, quando a média de público pagante nos estádios foi de 22.953 torcedores. Curiosamente, o campeão daquele ano foi o Flamengo, atual líder do campeonato e com 93% de chances de título, de acordo com o matemático Tristão Garcia.

Diversos fatores explicam o sucesso de público do certame. No entanto, destacam-se os representantes do Nordeste, Fortaleza, Bahia e Ceará, detentores da 4ª, 6ª e 7ª melhores médias de público dentre os 20 integrantes da disputa, com o tricolor de aço sendo, inclusive, um dos únicos quatro clubes a ultrapassarem a marca de 30 mil pagantes por partida. São Paulo, Corinthians e Flamengo são os outros três. Destaque ainda maior justamente para o rubro-negro carioca, uma vez que é o detentor, até com certa folga, da melhor média dentre todos os clubes, com 53.640 torcedores, quase 20 mil a mais que o segundo colocado Corinthians no ranking. O líder está presente ainda nos 10 maiores públicos desta edição do torneio organizado pela CBF, sendo 9 como mandante e um como visitante. 

Outra questão que faz alavancar o público nos estádios é a polêmica venda do mando de campo, visto que compromete o equilíbrio técnico da disputa. Porém, como foi aprovada em reunião do Conselho Técnico do Campeonato Brasileiro, ainda no ano passado, é utilizada. E com certeza de casa cheia. O segundo maior público desta edição do brasileiro aconteceu justamente em um desses jogos longe da casa do mandante. Vasco x Flamengo duelaram para 65.418 pessoas no Mané Garrincha, em Brasília, no dia 17 de agosto.

Menção honrosa a torcida do Fluminense. Mesmo com campanha ruim, figurando no Z4, a média de público do tricolor carioca fica a frente de times como o Grêmio, semifinalista da Libertadores.

A decepção fica por conta do Santos Futebol Clube. Deixando o Pacaembu um pouco de lado para utilizar mais a Vila Belmiro, onde o time é mais forte, o alvinegro praiano detém apenas a terceira pior média de público do brasileirão, não chegando nem a atingir 11 mil espectadores. Apenas Chapecoense e Avaí são piores no quesito.

Média de público brasileirão 2019:

1º - Flamengo: 53.640
2º - Corinthians: 34.625
3º - São Paulo: 32.331
4º - Fortaleza: 30.898
5º - Palmeiras: 29.773
6º - Bahia: 28.166
7º - Ceará: 24.973
8º - Cruzeiro: 21.236
9º - Internacional: 20.315
10º - Vasco: 18.804
11º - Fluminense: 18.506
12º - Athletico-PR: 14.065
13º - Grêmio: 13.962
14º - Botafogo: 13.106
15º - Atlético-MG: 12.212
16º - Goiás: 11.985
17º - CSA: 11.245
18º - Santos: 10.802
19º - Avaí: 9.450
20º - Chapecoense: 6.114

É notório então que muito do sucesso de público atingido neste brasileirão é por conta do embalado e empolgante Flamengo de Jorge Jesus, mas não se pode menosprezar ou mesmo diminuir o feito de clubes como o Fortaleza. De volta à série A após 12 anos, a torcida tricolor abraçou e literalmente joga junto com o time comandado por Rogério Ceni.


Abraços e até a próxima.

Nenhum comentário